Infravermelho Longo

Home / Infravermelho Longo

Infravermelho longo


Um pouco mais sobre:


O infravermelho longo desintoxica as células e aumenta a imunidade do organismo, fazendo a prevenção de muitas doenças e auxiliando no tratamento da saúde. Resultante da combinação de três metais: alumínio, titânio e platina fundidos a 1.000 graus, resultavam numa radiação permanente, idêntica a mais benéfica das radiações solares: “raio infravermelho longo”. Essa radiação produz movimentos rotativos e vibratórios às moléculas de água e de sangue no nosso corpo, gerando um processo permanente de fragmentação dessas moléculas, o que faz com que a água, que constitui 60% do corpo humano, passe a circular melhor através das células promovendo assim um processo constante de desintoxicação celular.


Pesquisas científicas comprovaram o uso do Infravermelho longo no organismo:

 

  • Estimula a circulação do sangue e equilibra nosso metabolismo naturalmente, sendo assim as toxinas saem do corpo via urina e transpiração;

 

  • O tratamento terapêutico com infravermelho longo ajuda os capilares entupidos a dissolver as toxinas no sangue, dilatando nossos vasos capilares e artérias, estimulando a circulação do sangue. (80% das doenças são provenientes de má circulação sanguínea – (Universidade de Tókio, Japão)

 

  • A capacidade de repor as quantidades normais de oxigênio em nossas células, 20 minutos após realizarmos exercícios físicos, fato este que normalmente só é alcançado após 48 horas;

     

  • Melhora a fadiga muscular pela redução do ácido lático, devido ao aumento da circulação de oxigênio no nosso corpo, (que causa câimbras);
    Diminuição de até 75% das dores relacionadas às articulações.
    (Universidade de Cambridge – Grã-Bretanha);

     

     

  • Melhora a comunicação intracelular – (Coghill Research Laboratories- Lower race);

 

  • Redução do Ácido Lático – (Facultad de Medicina de Múrcia, Espanha);

 

 

  • Ação antiinflamatória, aliviando dores e diminuindo inchaços, colaborando nos tratamentos ósteo-articulares – (Equipe médica do Hospital de San Antonio de Oporto, Portugal);

 

  • Aumenta a concentração de Ca2+ na membrana e no citoplasma celular produzindo uma ‘ativação celular’ – (2º Congresso Internacional Menarini, Ascoli, Piceli, Itália);

 

  • Estudos realizados em esportistas demonstram os efeitos.
    Segundo Massoterapeuta e Quiropraxista Rodrigo Muzulão Nora, “-Os efeitos do infravermelho longo são potencialmente benéficos para: circulação sanguínea, diminuição do colesterol, tensão arterial, oxigenação dos músculos e do cérebro, patologias osteo-articulares, artrite, artrose, osteoporose, dor ciática, processos inflamatórios, acelerando também a eliminação do ácido lático (grande causador de câimbras). Os efeitos curativos são decorrentes da sua ação antiinflamatória nos casos de dores nas costas, na coluna, no quadril, nas mãos, nos braços, nos joelhos, pés, cólicas menstruais, asma infantil e outros. O uso em minha clínica com o Infravermelho longo tem obtido excelentes resultados nos meus pacientes”.
    Importante: Contra indicado em processos hemorrágicos e ulcerosos; gestantes, fraturas em consolidação, derrames recentes, cicatrizações cirúrgicas, diabetes, crianças recém-nascidas, hipertensos, cardiopatas e pessoas portadoras de próteses metálicas em membros.

 

  • Acelera o processo de renovação celular;

 

  • Melhor crescimento e desenvolvimento das células vivas em seres humanos;